Terapia para Adultos

Por em 16 maio, 2013 em Psicologia | 0 comentários

Estamos sempre em transformação; transformação com o mundo,com nossos interesses, com o nosso corpo, com nossos pensamentos. Ao longo da vida nos deparamos com diversas situações que não conseguimos resolver como gostaríamos. á inclusivamente algumas que aparentam não ter solução.Estas situações ocorrem em diversas situações, como o pessoa,profissional e familiar. As dificuldades, a falta de informação, a falta de apoio e de opção para lidar com estes problemas provocam vários sintomas muitas como stress, sentimentos depressivos e de angústia, perturbações de ansiedade, entre outros, e que podem conduzir a uma baixa de auto-estima e mesmo a sentimentos de impotência para encontrar uma resposta eficaz. É nestes momentos que um psicólogo(a) poderá ajudar a encontrar uma forma mais eficaz de lidar com a situação problemática, através da maximização dos recursos pessoais e de novas...

Terapia de Casal

Por em 16 maio, 2013 em Psicoterapia de casais | 0 comentários

O QUE É TERAPIA DE CASAL? A terapia de casal ou terapia conjugal é uma psicoterapia em que ambos os parceiros participam, tendo o foco na sua interação e nas dificuldades específicas que eles estão vivendo. Ela pode auxiliar o casal a pôr seu relacionamento de volta aos trilhos, seja no casamento, no namoro ou no noivado. Na psicoterapia de casais trabalha-se para descobrir onde as coisas estão indo mal e procurar modos de melhorar. Não é uma fórmula mágica que irá “consertar” as coisas, mas um canal para o casal entender melhor suas dificuldades e trabalhar em cima delas. O psicólogo ajuda os parceiros a identificarem os pontos de conflito dentro da relação e a determinar quais as mudanças desejáveis, sejam no modo de se relacionar, sejam mudanças individuais. Nesse tipo de terapia, há componentes de mediação, componentes educacionais e de psicoterapia individual envolvidos,...

Qual terapia? Terapia de família, casal ou individual?

Por em 16 maio, 2013 em Psicologia | 0 comentários

A própria idéia de iniciar um processo terapêutico já é, por si, um ato coragem e indica uma outra postura frente aos problemas inerentes à vida. Gosto de pensar na terapia como indução de crises. Um casamento, por exemplo, pode estar morto ou pode ser cronicamente insatisfatório para ambos os cônjuges, a menos que algo assustador e importante, como uma crise, ocorra. Nessas circunstâncias as pessoas tornam-se aptas a fazer mudanças. Por isso gosto de pensar na terapia como uma indução de novas crises antes que num meio de controlar o comportamento e evitar crises. Mauricio Andolfi A idéia de Andolfi de terapia como indução de crises é bem interessante, pois na origem da palavra “crise” ha referência a um momento decisivo. Desta forma, a terapia pode ser pensada como um meio para se atingir novos patamares de compreensão e estes trazem, invariavelmente, modificações nos...

Traição: Um drama que atinge muitos casais

Por em 15 maio, 2013 em Psicoterapia de casais | 0 comentários

A dor de uma traição é sempre difícil de ser superada. Aquele aperto no peito isuportável parece que nunca vai passar. Inúmeras pessoas ja passaram por essa experiência de serem traídas. Embora exista varios tipos de traição: entre amigos, famílias ou no amor, a traição da pessoa amada, segundo relatos, é a mais difícil de ser superada. São varios os motivos que levam uma pessoa a trair: “a insatisfação no relacionamento, o orgulho, a falta de auto-estima, de romance, aventura e emoção acabam dando lugar à rotina. Acontecimentos do dia a dia, como: pagar contas, hora pra isso ou para aquilo quebram o clíma gostoso do namoro. Essas justificativas são apenas algumas usadas por pessoas que buscam relacionamentos extraconjugais. Mas na vida a dois sempre dizemos que a traíção não tem justificativa e sempre escutamos aquela frase “quem ama não trai”, mas pra isso não...

Aprenda a conviver com a rotina no casamento

Por em 15 maio, 2013 em Psicoterapia de casais | 0 comentários

De segunda a sexta-feira suas atividades são praticamente as mesmas, ou seja, você vive uma rotina. Mas até que ponto a mesmice pode ser um fator ruim na sua vida, ainda mais quando você a divide com alguém? De acordo com especialistas em relacionamentos, a rotina pode atrapalhar o casal, mas também pode ser saudável desde que você saiba lidar com ela. “A rotina pode provocar desgaste da relação, dificuldade de comunicação e desentendimentos entre o casal”, acredito que  “Viver uma rotina não causa emoção, não traz entusiasmo e, na maioria das vezes, é o agente principal do desamor, provocando até a separação do casal”, completa.  A  rotina só é prejudicial se os hábitos do casal forem ruins. “A solução não é sair da rotina, é arrumá-la”, afirmo. “Se seu cotidiano for ruim, sair da rotina também será, porque na verdade tudo está...